Tag: TCC

Estratégias de enfrentamento na Terapia Cognitivo-Comportamental

  Estratégia de enfrentamento, ou na língua inglesa, coping, é um conjunto de esforços cognitivos e comportamentais para lidar com demandas externas e/ou internas específicas. Essas demandas são entendidas como situações estressantes, pois acabam excedendo os recursos que a pessoa possui para enfrentá-las. A estratégia de enfrentamento caracteriza-se como umContinuar…

Terapia comportamental aumenta a conectividade em cérebros de pessoas com TOC

  Pesquisadores da UCLA (University of California, Los Angeles) relatam que pessoas com transtorno obsessivo-compulsivo, quando tratadas com uma forma especial de psicoterapia, demonstram alterações distintas em seus cérebros, bem como melhora em seus sintomas.   No estudo, publicado na Translational Psychiatry, pessoas com TOC foram submetidas diariamente à terapia cognitiva-comportamentalContinuar…

Crenças e comportamento na Terapia Cognitivo-Comportamental

  Para concluir a série, vamos relacionar os conceitos abordados anteriormente com crenças e comportamento.   RELAÇÃO ENTRE PENSAMENTOS AUTOMÁTICOS E COMPORTAMENTO   Retomando o esquema que esboçamos anteriormente, temos que crenças nucleares são formadas ao longo do desenvolvimento e dão origem a crenças intermediárias, as quais podem ser atitudes,Continuar…

O que é a Terapia Cognitivo-Comportamental (parte 2)

  Nesta segunda parte do texto, vamos abordar alguns conceitos centrais da Terapia Cognitivo-Comportamental, dentre eles: crenças nucleares, atitudes, pressupostos e regras.   CRENÇAS   A definição de crença em filosofia é um problema, mas, para os propósitos deste texto, podemos pensar em crenças como ideias nas quais as pessoasContinuar…

O que é a Terapia Cognitivo-Comportamental (parte 1)

  O texto a seguir foi feito com a intenção de promover uma primeira aproximação entre o estudante de psicologia ou o leitor curioso com a Terapia Cognitivo-Comportamental. Exemplos e esquemas conceituais foram baseados no livro Terapia Cognitivo-Comportamental – Teoria e Prática, da Judith Beck.   Aaron T. Beck, nosContinuar…

Parte 3 (final): Intervenção Cognitivo-Comportamental em caso de abuso sexual

  Chegamos ao último texto (os outros dois podem ser acessados aqui e aqui), sobre intervenção Cognitivo-Comportamental no abuso sexual, e fecharemos discorrendo sobre a técnica de Reatribuição.   Os estudos realizados por Foa e colaboradores (KRISTENSEN, SCHAEFER, & MELLO, 2011) mostram que os comportamentos emitidos por indivíduos vítimas de traumas, entreContinuar…

Parte 1: Intervenção Cognitivo-Comportamental em caso de abuso sexual

  Uma das consequências ocasionadas pelo abuso sexual é o alto grau de tensão gerado, em que são modificados os padrões de respostas comportamentais e cognitivas, podendo desencadear um transtorno mental. O funcionamento cognitivo e comportamental do indivíduo que sofreu abuso apresenta uma série de distorções passíveis de modificações, indoContinuar…