Categoria: Psicologia Cognitiva

Memória – parte 3: integrando experiências

  O assunto deste texto é a memória de trabalho, ou memória operacional, como também é conhecida. Em primeiro lugar, precisamos fazer uma distinção entre a memória de trabalho e a memória de curto prazo, do modelo dos três receptáculos. As informações contidas na memória de trabalho podem ter sidoContinuar…

Duas visões opostas nas neurociências

  Na história das pesquisas em neurociência, destacam-se duas formas opostas de entender a relação entre o cérebro e como as pessoas pensam, sentem e se comportam. A primeira delas é a visão localizacionista, que entende que as funções psicológicas encontram-se em determinadas áreas do cérebro, que existiriam centros paraContinuar…

Memória – parte 2: níveis de processamento

  Alguns psicólogos cognitivistas se afastaram do modelo dos três receptáculos. Uma das alternativas foi enfatizar como a codificação da informação influencia no armazenamento e na evocação. Nesse sentido, o processamento de uma informação poderia ser feito em diferentes níveis de profundidade. O experimento clássico que apoiou essa visão foiContinuar…

Memória – parte 1: armazenando experiências

  A forma como agimos e pensamos é modificada o tempo todo pelo contato que temos com nós mesmos, com o mundo e com as outras pessoas. Essa mudança decorre da aquisição de conhecimento proporcionada pelas experiências: a isso damos o nome de aprendizado. A memória, por sua vez, éContinuar…

O efeito das memórias e informações falsas

  O âmbito jurídico, assim como outros âmbitos de atuação do psicólogo, constitui uma área de fazeres em que vidas humanas são definitivamente mudadas. Seja por intervenção na forma do poder estatal, que integra obrigações e restrições forçosas e legitimadas, ou por abonos, alívios e restituições, os sujeitos que seContinuar…

Um duelo entre crenças e fatos: o efeito backfire

  Aparentemente, o jeito mais promissor de corrigir crenças defeituosas é apresentar contra elas evidências diretas. Curiosamente, não é o que sempre acontece. Na verdade, raramente acontece. Aliás, não apenas raramente acontece como existe uma grande probabilidade de que um indivíduo se apegue ainda mais fervorosamente a uma crença quandoContinuar…

Bases históricas da Terapia Cognitivo-Comportamental

  No início da década de 1960, um movimento científico interdisciplinar que combinou áreas da Psicologia, Antropologia e Linguística com os recentes campos da Inteligência Artificial, Ciência da Computação e Neurociência deu início à chamada Revolução Cognitiva. As pesquisas de Bandura sobre modelos de processamento da informação e a aprendizagem vicária,Continuar…

Como a pobreza pune o cérebro

  A quantidade de recursos da mente humana é finita. O leitor provavelmente passou pela seguinte situação antes (embora, talvez, não nesses termos): quando está absorto tentando resolver um problema, como um computador com defeito, estará mais propenso a negligenciar outras tarefas, como se lembrar de dar banho no cachorroContinuar…

Há relações entre a prática de mindfulness e mudanças cerebrais?

  Nos últimos anos tem havido um crescente interesse em práticas de meditação, tanto ao nível social, quanto psicológico e científico. Entre as muitas práticas meditativas, a prática da mindfulness (atenção plena) parece ser a que tem recebido mais atenção.   Se você pensar sobre isso, todos nós já realizamos a atençãoContinuar…