Categoria: Neurociências

Neuroteologia: o cérebro e as experiências espirituais

  Nos dias atuais, novas técnicas de diagnóstico por imagem tornam visível o mundo cerebral interno. Podemos, por exemplo, analisar o nosso cérebro através de imagens com alto grau de detalhamento anatômico com uma ressonância magnética, e dessa forma observar as regiões do cérebro que estão associadas ao pensamento cognitivo,Continuar…

As drogas e o sentido da vida

  Tudo que fazemos é pelo propósito de alterar a consciência. Formamos amizades para que possamos sentir certas emoções, como amor, e evitar outras, como solidão. Ingerimos alimentos específicos para desfrutarmos da sua presença em nossas línguas. Lemos pelo prazer de pensar os pensamentos de outra pessoa. A cada momentoContinuar…

Histórico da pesquisa sobre sono em neurociências

    O trecho a seguir é uma tradução própria da seção 2 do artigo de Datta, S., & MacLean, R. R. (2007) a respeito das pesquisas sobre sono.   Antes da metade do século XII, cientistas e filósofos assumiam que o sono era um estado passivo de inconsciência (revisadoContinuar…

Uma sopa no cérebro

  No senso comum, as pessoas costumam dizer que depressão é resultado da diminuição de serotonina no cérebro e que normalizando esse nível a depressão tende a diminuir, mas veremos em breve como essa ideia pode ser enganadora. Parece que há uma concepção bastante popular do funcionamento cerebral que oContinuar…

Memória – parte 6: Lembrando sem saber

  Para além da memória explícita, temos a memória de representação perceptual, de procedimentos, memória associativa e não associativa. Todas elas funcionam sem depender necessariamente da consciência. Vamos pegar um exemplo. Você reconhece a pessoa retratada na figura a seguir? Possivelmente. Mas você sabe dizer como você o reconheceu? TalvezContinuar…

Memória – parte 5: Falando de memória

  Nos textos anteriores, falamos sobre memória de uma maneira geral, mais intuitiva, para facilitar o entendimento do conteúdo. No entanto, para aprofundar ainda mais o assunto, precisamos distinguir as memórias de acordo com o seu conteúdo. Retomando os conceitos de aprendizado e memória, sabemos que a aquisição de informaçõesContinuar…

Memória – parte 4: A caminho da informação

  Ao longo do tempo, o modelo de memória foi tornando-se cada vez mais sofisticado. No caso das memórias declarativas, isto é, aquelas das quais podemos nos lembrar de forma consciente, são reconhecidos os processos de codificação, armazenamento, consolidação, evocação e reconsolidação. Neste texto, abordaremos cada um deles para explicarContinuar…

Neuroplasticidade

  Houve um tempo em que se pensou que as células do sistema nervoso fossem imutáveis e, portanto, que os circuitos neurais também o seriam. Contudo, a partir da década de 1970, uma nova ideia ganhou espaço e aceitação dentro da comunidade científica, a saber, que os neurônios, e o sistemaContinuar…

IA, redes neurais e o paradigma das máquinas que “pensam”

  No meu texto sobre redes neurais artificiais (RNAs) eu faço uma breve introdução do conceito e uso das redes neurais artificiais para a compreensão do nosso processo de aprendizagem. Desta vez eu gostaria de iniciar introduzindo o conceito de conhecimento. Haykin (2001, p. 49) lembra da definição de conhecimento apresentada porContinuar…